João Pessoa, 23 de Agosto de 2017

19 de Junho de 2017

Polícia prende suspeitos de estuprar jovens

Polícia prende suspeitos de estuprar jovens

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Atendimento a Mulher (Deam) de Campina Grande, prendeu, na manhã desta segunda-feira (19), o motorista José Carlos Soares da Cunha Santos Junior, 33 anos, e o técnico em manutenção de balões Wilton Santos Sena, 21 anos, suspeitos de praticar o crime de estupro.

Os dois baianos estavam sendo procurados desde o dia 11 de junho, quando duas vítimas de violência sexual procuraram a Delegacia para registrar a ocorrência. De acordo com as vítimas, uma adolescente e uma jovem, as duas foram abordadas por um dos suspeitos quando saíam do Parque do Povo, onde acontecem os festejos juninos da cidade. Segundo elas, o homem convidou as duas para ir até a residência dele, lá elas teriam sido agredidas fisicamente e estupradas.

Na ocasião, as vítimas descreveram as características físicas dos criminosos e onde eles podiam estar. Com base nestas informações, os agentes de investigação começaram os levantamentos para encontrar os suspeitos. Foram realizadas várias buscas próximas ao local apontado pelas vítimas como o da abordagem e uma campana na rua onde os suspeitos estavam morando. Durante estes levantamentos os dois homens foram identificados e presos. O motorista e o técnico de manutenção de balões foram levados para a Delegacia e reconhecidos pelas vítimas.

Durante o depoimento, os dois suspeitos informaram que moram em Salvador, no Estado da Bahia, e que estão em Campina Grande realizando um trabalho de manutenção nos balões de propaganda do Parque do Povo. José Carlos Soares da Cunha Santos Junior e Wilton Santos Sena estão recolhidos na carceragem da Central de Polícia, no bairro Catolé, e vão permanecer no local até a apresentação na audiência de custódia.


Secom



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.