João Pessoa, 25 de Junho de 2017

16 de Junho de 2017

"beijinho" e tensão, Bethe Correia garante que vitória "está escrita"

"beijinho" e tensão, Bethe Correia  garante que vitória "está escrita"

 A pesagem cerimonial do UFC Singapura, na manhã desta sexta-feira em Kallang, foi... interessante. Teve tensão, na encarada dura entre as protagonistas do evento, as pesos-galos Holly Holm e Bethe Correia. Teve intensidade, no "olho no olho" de Rafael dos Anjos, estreando no peso-meio-médio, com Tarec Saffiedine. Teve agitação, no confronto entre os pesos-moscas Justin Scoggins e Ulka Sasaki. E teve até comédia, na interação entre os oponentes meio-médios Dong Hyun Kim e Colby Covington.

A encarada entre as duas lutadoras do evento principal seguiu a linha dos encontros anteriores entre as ex-desafiantes ao cinturão: ambas destemidas e intensas, bem próximas, com o matchmaker do evento, Sean Shelby, com os braços colocados para evitar que elas se aproximassem mais do que o necessário (veja no vídeo acima). Bethe elogiou o país asiático e garantiu a vitória ao ser entrevistada depois da encarada.

- Vai ser uma luta incrível, porque ela quer vencer e eu quero vencer, mas essa luta é minha, já está escrito - assegurou a lutadora brasileira. Pressionada após três derrotas seguidas, Holly Holm não falou em vitória ou derrota, e foi extrema ao comentar sua preparação.

- Estou fazendo de tudo para me preparar pra esta luta, temo cada oponente como se fosse a última luta da minha vida. Estou pronta e tive um ótimo camp de treinamento.

O momento mais descontraído do evento foi na encarada entre Dong Hyun Kim e Colby Covington. Sean Shelby tratou de manter os dois afastados desde que se posicionaram, e Kim quase colocou seu punho no peito de Covington, que permaneceu imóvel, com braços abaixados. O americano mandou um "beijinho" para o sul-coreano antes de descer do palco, e Kim fez cara de nojo, gesticulando como se tentasse repelir o beijo.

Ex-campeão dos pesos-leves e um dos destaques do card principal, Rafael dos Anjos entrou pilhado para sua primeira pesagem como peso-meio-médio. Ele bateu palmas antes de subir à balança. Na encarada com o belga Tarec Saffiedine, demonstrou uma agitação que não é característica sua, e mexeu os braços sem parar, como se pronto para lutar ali mesmo. Ao final, contudo, o niteroiense se acalmou e cumprimentou o belga.

O estreante Carls John de Tomas, das Filipinas, foi o único lutador que não bateu o peso, e não foi por pouco: o asiático ficou 2,3kg mais pesado que o limite dos pesos-moscas. Por causa disso, ele foi multado em 30% sobre sua bolsa de luta, valor que irá para seu adversário, Naoki Inoue. O japonês registrou 56,2kg, confortavelmente abaixo do limite de 57,2kg para lutas no peso-mosca.

Outra luta no peso-mosca, entre Justin Scoggins e Ulka Sasaki, levantou o público. Tão logo Scoggins deixou a balança, Sasaki partiu para cima. Scoggins se empolgou e começou a pular. Os treinadores e dirigentes trataram de se posicionar para evitar que eles brigassem antes da hora.

O Combate transmite ao vivo, na íntegra e com exclusividade o UFC Singapura a partir de 5h35m (de Brasília) da manhã de sábado. O Combate.com transmite as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo e acompanha o restante do evento em Tempo Real.

UFC: Holm x Correia

17 de junho, em Singapura CARD PRINCIPAL (a partir de 9h, horário de Brasília):

Peso-galo (até 61,7kg): Holly Holm (61,2kg) x Bethe Correia (61,7kg) Peso-pesado (até 120,7kg): Andrei Arlovski (109,7kg) x Marcin Tybura (110,2kg) Peso-meio-médio (até 77,6kg): Dong Hyun Kim (77,5kg) x Colby Covington (77,5kg) Peso-meio-médio (ate 77,6kg): Rafael dos Anjos (77,1kg) x Tarec Saffiedine (77,1kg)

CARD PRELIMINAR (a partir de 5h45, horário de Brasília):

Peso-leve (até 70,8kg): Takanori Gomi (70,8kg) x Jon Tuck (70,8kg) Peso-pesado (até 120,7kg): Cyril Asker (111,1kg) x Walt Harris (113kg) Peso-pena (até 66,2kg) : Alex Caceres (66,2kg) x Rolando Dy (66,2kg) Peso-mosca (até 57,2kg): Justin Scoggins (57,2 kg) x Ulka Sasaki (56,7kg) Peso-meio-médio (até 77,6kg): Li Jingliang (77,1kg) x Frank Camacho (76,6kg) Peso-galo (até 61,7kg): Kwan Ho Kwak (61,7kg) x Russell Doane (61,2kg) Peso-mosca (até 57,2kg): Naoki Inoue (56,2kg) x Carls John de Tomas (59,4kg)** Peso-palha (até 52,7kg): Ji Yeon Kim (61,7kg) x Lucie Pudilova (60,8 kg)

* Pesos com uma libra (0,454kg) de tolerância para lutas que não valem cinturão

** Ficou 2,3kg acima do limite da categoria e foi multado em 30% do valor de sua bolsa.

 Globo.com





Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.