João Pessoa, 16 de Agosto de 2017

14 de Junho de 2017

São Paulo empata com Sport na Ilha do Retiro

São Paulo empata com Sport na Ilha do Retiro

 São Paulo segue sem vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro, embora tenha somado seu primeiro ponto na condição de visitante. Nesta quarta-feira, o Tricolor empatou por 0 a 0 com o Sport, na Ilha do Retiro, em jogo fraco, com poucas chances de gol. A partida marcou o primeiro duelo entre Rogério Ceni e Vanderlei Luxemburgo como técnicos. Amantes do futebol ofensivo, eles não foram felizes nesta noite.

Com sete desfalques, Ceni armou um time no 3-5-2, repetindo o esquema da derrota para o Corinthians, no domingo. Apesar de seguro, o time foi pouco efetivo no ataque, que teve muitas vezes Wellington Nem e Lucas Pratto isolados, com pouco apoio. No fim, o São Paulo finalizou sete vezes, sendo apenas uma em direção ao gol.


Com 10 pontos ganhos, o Tricolor pode terminar a rodada, que se encerra nesta quinta-feira, na metade de baixo da tabela de classificação. A equipe volta a campo neste domingo, às 16 horas (de Brasília), diante do Atlético-MG, no Morumbi. Já o Sport, com oito pontos, recebe o Vitória, na Ilha, às 19 horas do mesmo dia.

O jogo - O São Paulo começou mais aceso, pressionando a saída de bola do Sport. Logo aos cinco minutos, Wellington Nem enfiou para Thomaz no lado esquerdo, o meia invadiu a área, limpou a marcação e finalizou com perigo ao gol de Magrão.

Aos poucos, porém, os donos da casa começaram a sair mais para o ataque. O Tricolor recuou, passou a ter sua área sendo rondada perigosamente, apostando nos contra-ataques, que se mostraram ineficientes em função dos passes errados e da grande distância entre os jogadores no campo da Ilha.

Acuado, o time de Rogério Ceni se safou de levar o primeiro gol aos 36 minutos, quando Thomás achou André em boas condições no lado direito da área. O atacante, meio sem ângulo, bateu forte para boa defesa de Renan Ribeiro. Aos 44, o São Paulo quase abriu vantagem antes do intervalo, após boa jogada de Marcinho na lateral direita e arremate de Lucas Pratto, que raspou na trave esquerda de Magrão.

O Sport voltou mais elétrico para a etapa final e por pouco não balançou a rede adversária logo no primeiro lance, em cabeçada de André, após bobeada da zaga tricolor. Pouco depois, aos oito minutos, o centroavante desperdiçou outra grande chance ao sair na cara do gol e mandar em cima de Renan Ribeiro.

Buscando dar mais mobilidade ao meio-campo do São Paulo, Rogério Ceni colocou Wesley e Lucas Fernandes nos lugares de Thomaz e Cícero, que pouco criaram, e passou Éder Militão para a posição de volante, deixando o time com dois zagueiros. Depois, colocou Gilberto e tirou o cansado Wellington Nem.

A despeito das alterações, o São Paulo só foi criar sua melhor oportunidade de marcar ameaçar aos 47 minutos, quando Pratto subiu sozinho na área e testou firme para ótima defesa de Magrão, que garantiu o empate sem gols na Ilha do Retiro.

Foto: Gazeta Press

Terra



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.