João Pessoa, 23 de Agosto de 2017

08 de Junho de 2017

Camisa do Barça nos Emirados Árabes dá até 15 anos de prisão

Camisa do Barça nos Emirados Árabes dá até 15 anos de prisão

Os torcedores e simpatizantes do Barcelona podem ter problemas sérios se vestirem a camisa do clube nos Emirados Árabes. O país proibiu na última quarta-feira qualquer demonstração de empatia com o Catar e ameaça de 15 anos de prisão para quem violar a regra. A camisa do time catalão, no entanto, conta com o patrocínio master da Qatar Airways.

Os Emirados Árabes aumentaram a pressão sobre o país vizinho de Golfo Pérsico e se juntou a Arábia Saudita, Bahrein, Egito, Iêmen e Maldivas para cortar relações com eles. Isso devido a um suposto apoio ao Irã e a grupos radicais islâmicos, dando suporte ao terrorismo.


Além de uma possível pena de prisão, os infratores também podem ser sujeitos a uma multa de ao menos 500 mil dirhams, a moeda local. Entre os primeiros afetados dessa ação está a própria Qatar Airways, que já teve dezenas de voos com problemas.


- Uma ação rigorosa e firme será adotada contra qualquer um que mostre simpatia ou qualquer forma de inclinação pelo Catar, ou contra qualquer um que objete à posição dos Emirados Árabes Unidos, seja por meio das redes sociais ou qualquer forma escrita, visual ou verbal - disse o Procurador-Geral dos Emirados, Hamad Saif al-Shamsi, segundo o "Gulf News".


Lance!



Enviar Comentário

O portal PB Agora esclarece aos internautas que o espaço democrático reservado aos comentários é uma extensão das redes sociais e, portanto, não sendo de responsabilidade deste veículo de comunicação. É válido salientar que qualquer exagero, paixão política e infrações à legislação são de responsabilidade de cada usuário, que possui sua própria conta na rede social para se manifestar, não tendo o PB Agora gerenciamento para aprovar, editar ou excluir qualquer comentário. Use o espaço com responsabilidade.